HOME



OLÁ BEM VINDOS A NOSSO BLOG O SÓRO ÓDÓ ÒSUM SALVADOR BAHIA.

Há limites legítimos para a liberdade de expressão?  Uma pessoa que se utiliza da sua capacidade de exprimir-se para estimular o discurso de ódio e a violência deve ser punida pela lei ou isso é uma violação de sua justa autonomia?

Nos tempos atuais, questões como violência ,  se tornaram mais do que nunca preocupante. De fato, nos últimos anos, acontecimentos alarmantes, como o atentado contra vairas casa de asé, revelaram com clareza a persistência dos radicalismos religiosos, violentos e a fragilidade do poder do diálogo.
Diante deste cenário, o que urge não é abandonar o princípio da liberdade de expressão. mas sim aprofundar a compreensão de sua natureza e, portanto, de suas implicações políticas.
Antes de tudo, é preciso lembrar que O SÒRÓ ÒDÓ  é nosso grito pacifico a prerrogativa de comunicar aos outros as próprias ideias e pensamentos de forma harmônica, não é uma replica agressiva do direito absoluto.

De fato, ser livre, em primeiro lugar, significa ter a obrigação de responder pelas próprias ações. Se o homem fosse predestinado a agir de um modo ou de outro, que sentido faria atribuir a ele os seus atos?

E assim nasce o SÒRÓ ÒDÓ .
No que diz respeito à liberdade de expressão, é preciso defender  a responsabilidade de expressão. Afinal, a autonomia comunicativa não é um fim, mas um meio. Ela não serve para que os homens possam dizer uns aos outros o que lhes der na telha.

E sim para que, através da troca de ideias, todos possam mutuamente enriquecer-se e encontrar a verdade.
Diante de tudo o que foi dito, há que se reconhecer que a liberdade de expressão é um bem inestimável.

E por este motivo  unificamos nossos povos e Louvamos as águas como a nossa expressão mais pura da nossa  paz,  pedindo a YÁ MI OSUN que a natureza e o divino mais uma vez façam parte do coração dos homens, entendendo que todo sangue e vermelho e toda raca e humana e toda crença e a paz. 


O SÒRÓ ÒDÓ É GRATUITO E DE TODOS QUE DESEJEM PARTICIPAR 


ASSISTA O VÍDEO